Buscar
  • producao567

Quanto devo pagar pela minha declaração do IR?



Durante a temporada de entrega da declaração do IR a pergunta que mais ouvimos aqui no escritório é: qual o valor para fazer a minha declaração? E a resposta é: depende.


Para precificar a elaboração de uma declaração do IR há uma série de fatores que devem ser levados em conta. Ou seja, somente conhecendo todas as informações necessárias para a declaração que poderemos fornecer um orçamento preciso do serviço.


Recentemente tivemos um caso aqui no escritório que ilustra bem essa situação. Quando a pessoa ligou para fazer o orçamento informou que possuía apenas uma fonte de renda e poucos imóveis. No entanto, quando trouxe toda a documentação, descobrimos alguns desses imóveis estavam alugados e era necessário alocar os recebimentos. Além disso, um dos imóveis havia sido vendido e era preciso apurar se houve ganho de capital. Ou seja, o grau de complexidade da declaração era muito maior do que o informado inicialmente.


Há ainda situações em que a pessoa ganhou uma ação trabalhista, por exemplo. Nesses casos geralmente é necessário o conhecimento técnico de um advogado para analisar o processo e verificar o que é tributado e que não é.


Outro caso que podemos citar é de produtores rurais, que muitas vezes trazem uma quantidade grande de documentos sem uma separação prévia. A organização dessa documentação exige horas de trabalho para registro no livro caixa.


Esses são apenas alguns exemplos que ilustram a complexidade para a precificação da declaração. Por isso reforçamos, antes de passar um orçamento é fundamental conhecermos os detalhes da documentação necessária para a elaboração da declaração.


Contudo, quanto a vale a confiança no profissional que você contrata? Este é tema de outro artigo, mas também reflete na seriedade da entrega, segurança do serviço e consequentemente no total a pagar.

4 visualizações0 comentário